Você tem o direito de faltar ao trabalho para…

“O empregado poderá faltar ao serviço, sem prejuízo do salário para se casar (até 3 dias), para cumprir serviço militar obrigatório, para licença-maternidade (4 meses, podendo chegar a 6), pelo tempo necessário para comparecer a audiências judiciais, para trabalho como mesário nas eleições (o dobro de dias requisitados), por luro no caso de falecimento de cônjuge, ascendente, descendente, irmão ou dependente (2 dias), nos dias que estiver prestando vestibular, para licença-paternidade (5 dias em empresa privada/pública ou 20 dias em empresa Cidadã), para doar sangue (1 dia por ano), para tirar o título de eleitor (até 2 dias), por motivo de saúde (até 15 dias, pois acima disso receberá benefício pelo INSS), e até 2 dias para acompanhar parceira gestante no médico, além de 1 dia por ano para acompanhar o filho de até 6 anos ao médico.”

 

A Constituição, a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e outras normas legais colocam, entre os direitos dos trabalhadores, o de se ausentar do serviço em determinadas circunstâncias sem que isso signifique prejuízos no salário.

Na imagem, estão algumas dessas circunstâncias. Pode haver outras específicas ou outros prazos de afastamento, dependendo da categoria de trabalhador e da convenção coletiva.

Saiba mais: http://bit.ly/CLTBrasil.

Compartilhe este post nas redes sociais.

Você pode gostar...